"Se nada nos salva da morte, que o amor nos salve da vida."

quinta-feira, 20 de fevereiro de 2014

Meus olhos

Meus olhos estão tão cansados
Eles deveriam dormir
Mas eles não vão
Eles não
Eles não vão me deixar passar por isto

Meus olhos estão abertos, presos no amor
Eles querem mais dele
Eles precisam de menos disto
Eles são tudo
Eles são inacreditáveis

Meus olhos estão sós e frios
Eles são jovens
E eles estão velhos
Eles estão procurando por uma saída
E um momento para deixá-lo entrar
Eles não querem ter nada a ver comigo
E só querem ter a ver com ele
Eles estão com fome
Eu estou advertindo
E estou com medo

Eles não vão me deixar prosperar
Eles vão precisar de tudo que você possui
Fazer tudo tão real
Ao aprender a sentir
O que não está realmente acontecendo
O que está acontecendo é muito mais
Do que eu já esperava
Já esperava

E eu prefiro imaginar
Do que não viver nada