"Se nada nos salva da morte, que o amor nos salve da vida."

terça-feira, 30 de dezembro de 2014

Túlio Dek - O Que Se Leva Da Vida É Vida Que Se Leva





"Leva na brincadeira

Não me leve a mal
Nem tudo é de primeira
Nem tudo é banal
Uma vida só é perfeita
Quando chega no final"

sábado, 27 de dezembro de 2014

Olhos Nos Olhos


quarta-feira, 24 de dezembro de 2014

São Paulo / Brasil



".. ♪.E eu vou esquecer de tudo 
Das dores do mundo
Não quero saber quem fui, mas sim o que sou!.. ♫."

terça-feira, 23 de dezembro de 2014

Atitude



> Sinto dizer que sem esforço nada vai acontecer!
> Não adianta só orar,
> Se você não se decidir pelo primeiro passo,
> se você não sair desse quarto,
> nem os anjos poderão te ajudar,
> se você não se ajudar!
 
> Quer emagrecer?
> Caminhe todos os dias,
> pare de dizer que não tem dinheiro para a academia.
> A rua é livre, de graça e está te esperando, seja noite, seja dia.
 
> Quer um novo emprego?
> Estude algo novo, aprenda um pouco mais do seu ofício, faça a diferença
> e as empresas vão correr atrás de você!
 
> Quer um novo amor?
> Saia para lugares diferentes assista a um bom filme,
> leia um bom livro, abra a cabeça, mude os pensamentos,
> e o amor vai te encontrar no metrô, no ônibus, na calçada,
> e em qualquer lugar, pois você será de se admirar.
> Pessoa que encanta só de olhar...
 
> Quer esquecer alguém que te magoou?
> Enterre as lembranças e o infeliz!
> Valorize-se criatura!
> Se você se valoriza, sabe quanto vale,
> sabendo quanto vale não se troca por qualquer coisa.
> Se alguém te deixou é porque não sabe o seu valor.
> Logo, enterre a criatura no lago dos esquecidos.
> E rumo ao novo que o novo é sempre mais gostoso...
 
> Quer deixar de dever?
> Pare de comprar.
> Não faça dívida para pagar dívidas!
> Nunca! Jamais!
> Faça poupança e pede para o povo esperar.
> “Devo, não nego, pago quando puder.”
> Assim, a cabeça fica livre e você vai trabalhar.
> Em breve, não terá mais nada para pagar...
 
> Quer esquecer uma mágoa?
> Limpe o seu coração, esvazie-se...
> Quem tem equilíbrio não guarda mágoas.
> Só as pessoas com problemas emocionais é que se ressentem.
> Ficam guardando uma dor, alimentando como se fosse de estimação.
> Busque o equilíbrio emocional. Doe-se, ame mais e tudo passa.

> Quer viver bem?
> Ame-se!

> Felicidade é gratuita, não custa nada.
> É fazer tudo com alegria, nos mínimos detalhes.
> Pergunte-se e se achar resposta que te satisfaça, comece tudo de novo:
> - Pra que 2 celulares (1 pra cada orelha?)?
> - Pra que 3 computadores, se não tem uma empresa?
> - 4 carros?
> - 6 quartos se é você e mais 1 ou 2?
> - 40 pares de sapato, se tem apenas 2 pés?
> A vida pede muito pouco e nós precisamos de menos ainda.

> Acorde enquanto é tempo e comece a mudança,
> antes que o tempo venha e apite o final do seu jogo!
> Espero que você pelo menos tenha vencido a partida.
 
> Seja feliz!



Feliz 2015 a todos!

terça-feira, 16 de dezembro de 2014

Redemption Song - Bob Marley


Em homenagem a Camilla Printes que amava esta música! 


Canção da Liberdade

Velhos piratas, sim, eles me roubaram;
Me venderam para navios mercantes,
Minutos depois eles me jogaram
no fundo do porão
mas minhas mãos foram fortalecidas
pelas mãos do todo poderoso,
nós avançamos nessa geração
triunfantemente

Tudo o que eu sempre tive
foram canções de liberdade,
voce não irá ajudar-me a cantar essas
canções de liberdade?, porque tudo o que eu
sempre tive foram canções de liberdade,
canções de redenção.

Liberte-se da escravidão mental ninguém
além de voce pode libertar sua mente, não
tenha medo da energia atômica, porque eles
não podem parar o tempo, por quanto tempo
vão matar nossos profetas, enquanto nós
permaneceremos de lado olhando.
Sim, alguns dizem que é apenas uma parte
nós temos que cumprir o livro.

Você não ira ajudar-me acantar essas canções
de liberdade?, porque tudo o que eu sempre
tive foram canções de redenção.Tudo o que
eu sempre tive foram canções de redenção
essas canções de liberdade, canções de
liberdade.

domingo, 14 de dezembro de 2014

Nando Reis - Andrea - Luz dos Olhos


domingo, 7 de dezembro de 2014

Pensando bem.. Sobre você!

Eu acho que não te quero mais.. 
Pensando bem... 
Sou demais pra você..
Você nunca soube valorizar o amor que tinha pra te dar 
Você não quis conhecer 
Não quis experimentar 
Pensando bem...
Eu estou melhor assim
Com você meu mundo era conturbado 
Me sentia trocada todos os dias 
Não me sentia amada
Pensando bem..
Seu mundo é de mentiras
Sua personalidade é barata 
É claro que tem inúmeras qualidades 
Mas elas se tornam pequenas perto de um espírito carregado. 
Pensando bem...
Me deixei levar
E tenho consciência de minha fraqueza 
Tenho consciência de que as vezes ficar sozinho é necessário,
Não tenho medo da solidão como você.
Esse medo te dominou e fez vc brincar com as pessoas ao seu redor
Você fez grandes obras de artes de merda!
Pensando bem...
Não admiro você. 
Está longe de ser o que eu imaginava.
Não desejo mal a ninguém 
Só desejo vc longe 
Não quero sentir seu cheiro
Não quero ver seu rastro 
Pq lembrar de vc, é lembrar de passado
É lembrar o quanto vc me fez sofrer 
Quanta coisa ruim você me trouxe!
Pensando bem...
Isso tudo foi aprendizado..
Nem tudo é flores...
E molduras boas, não salvam quadros ruins!

sábado, 6 de dezembro de 2014

quarta-feira, 3 de dezembro de 2014

sábado, 29 de novembro de 2014

Adriana Calcanhotto - Devolva-Me







Rasgue as minhas cartas

E não me procure mais
Assim será melhor meu bem



O retrato que eu te dei
Se ainda tens não sei
Mas se tiver devolva-me



Deixe-me sozinho
Porque assim eu viverei em paz
Quero que sejas bem feliz
Junto do seu novo rapaz



Rasgue as minhas cartas
E não me procure mais
Assim vai ser melhor meu bem



O retrato que eu te dei
Se ainda tens não sei
Mas se tiver devolva-me



O retrato que eu te dei
Se ainda tens não sei
Mas se tiver...

sexta-feira, 28 de novembro de 2014

Ela não volta (Texto tirado do blog Entenda os homens)

   "Você cria esperanças, expectativas e sonha como seria se ela estivesse ali de novo. No meio de nós, forte, ininterrupta, constante… O carinho pode continuar, o tesão pode continuar, a vontade de continuar pode continuar, mas sem ela definitivamente fica difícil continuar. Com ela se vai o orgulho, o brio, a admiração e todos agregadores de um relacionamento que a sociedade define como estável.
A partir de agora cada atitude será olhada de forma contestável, cada discussão será uma retomada para os mesmos argumentos e cada vez mais a paciência de cada um vai se esvaindo ao sempre defender a mesma tese.
O tempo não volta, ela não volta, a gente não volta. E mesmo se a gente voltar, a gente não volta… E assim ela se vai, como o brilho do sol em dia de chuva. E a saudade fica, não exclusivamente de você, mas da recíproca confiança que tínhamos."

quarta-feira, 26 de novembro de 2014




"O meu desafio é andar sozinho
Esperar no tempo os nossos destinos
Não olhar pra trás, esperar na paz
O que me traz
A ausência do seu olhar

Traz nas asas um novo dia
Me ensina a caminhar
Mesmo eu sendo menino aprendi

Oh, meu Deus, me traz de volta essa menina
Porque tudo que eu tenho é o seu amor
João de Barro, eu te entendo agora
Por favor, me ensine como guardar meu amor"

domingo, 23 de novembro de 2014

sábado, 15 de novembro de 2014

Não tem mais volta



Ele não voltará atrás do que disse. Ele não perderá as noites em claro pensando em tudo que aconteceu, assim como você fez durante esses dias. Talvez entre um riso e outro ele se lembre do quanto vocês eram felizes juntos, mas isso não terá tanta importância. Você vai chorar pelos cantos e esperar por ele. Ele vai sorrir bonito por aí e procurar em todas as outras aquilo que, talvez, só você tenha.

E quando menos esperar, um sorriso surgirá em seu rosto e ninguém será capaz de tirá-lo. Você aprenderá seguir em frente deixando todas as mágoas, lágrimas, e dores do passado. E ele estará lá, no mesmo lugar de sempre, curtindo as mesmas coisas. Você crescerá com a dor, e ela servirá de impulso para você chegar mais longe. Esse dia vai chegar, e quando ele perceber que você se transformou em uma grande mulher talvez ele volte atrás. Mas daí, você que não vai aceitá-lo de volta... sabe porque? Você terá se tornado mulher demais para ele.

__Dayanne Cassimiro





segunda-feira, 10 de novembro de 2014


Aprendi que o amor chega na hora exata...
Que a maturidade vem aos poucos...
Que a infantilidade só vale a pena se for pra fazer a gente rir...
Que pai, mãe são tudo...
Que amigos bons e sinceros são muito poucos...
Que cuidar da sua vida é sempre a melhor opção...
Que dias melhores "sempre" virão...
Que na vida, tudo vale a pena...
E principalmente que minha felicidade depende 
muito das escolhas que Eu faço...

quinta-feira, 6 de novembro de 2014


domingo, 2 de novembro de 2014


sábado, 1 de novembro de 2014

sexta-feira, 24 de outubro de 2014


domingo, 19 de outubro de 2014

sábado, 11 de outubro de 2014

Let Her Go

"A deixou ir"

Bem, você só precisa da luz quando está escurecendo
Só sente falta do sol, quando começa a nevar
Só sabe que a ama quando a deixou ir
Só sabe que estava bem quando está se sentindo pra baixo
Só odeia a estrada quando está com saudade de casa
Só sabe que a ama quando a deixou ir
E você a deixou ir

Olhando para o fundo do seu copo
Esperando que um dia faça um sonho durar
Mas sonhos chegam devagar e passam muito rápido
Você a vê quando fecha os olhos
Talvez um dia você entenda porquê
Tudo o que você toca, certamente, morre

Mas, você só precisa da luz quando está escurecendo
Só sente falta do sol, quando começa a nevar
Só sabe que a ama quando a deixou ir
Só sabe que estava bem quando está se sentindo pra baixo
Só odeia a estrada quando está com saudade de casa
Só sabe que a ama quando a deixou ir

Olhando para o teto no escuro
O mesmo velho sentimento de vazio em seu coração
O amor chega devagar e passa muito rápido
Bem, você a vê quando dorme
mas nunca para tocar e nunca para deixar
Porque você a amava muito
E você mergulhou muito fundo

Bem, você só precisa da luz quando está escurecendo
Só sente falta do sol, quando começa a nevar
Só sabe que a ama quando a deixou ir
Só sabe que estava bem quando está se sentindo pra baixo
Só odeia a estrada quando está com saudade de casa
Só sabe que a ama quando a deixou ir
E você a deixou ir
OO oo oo
E você a deixou ir
OO oo oo
E você a deixou ir

Pois você só precisa da luz quando está escurecendo
Só sente falta do sol, quando começa a nevar
Só sabe que a ama quando a deixou ir
Só sabe que estava bem quando está se sentindo pra baixo
Só odeia a estrada quando está com saudade de casa
Só sabe que a ama quando a deixou ir
E você a deixou ir

Pois você só precisa da luz quando está escurecendo
Só sente falta do sol, quando começa a nevar
Só sabe que a ama quando a deixou ir
Só sabe que estava bem quando está se sentindo pra baixo
Só odeia a estrada quando está com saudade de casa
Só sabe que a ama quando a deixou ir
E você a deixou ir

quinta-feira, 2 de outubro de 2014


segunda-feira, 29 de setembro de 2014

Falou e disse....

Talvez seja essa a grande vilã dos relacionamentos. A bagagem emocional. O resquício, o trauma, as mazelas, as lembranças. Tudo isso gera insegurança e medo do novo. O medo do “de novo”. O medo de se entregar, de acreditar, de se dedicar e de se decepcionar. E tudo isso porque alguém uma certa vez teve a infeliz ideia de dizer que é normal errar uma vez, mas prosseguir no erro é indigno. Tolice eu diria. Não existem erros iguais, apenas situações coincidentes. Você não erra duas vezes igual porque não existem nessa vida duas situações idênticas, e mesmo se existissem, a pessoa que você esta lidando não é a mesma, e sobretudo e o mais importante no caso, é que você não será mais o mesmo. A cada erro um aprendizado. A cada vez que você acredita que será diferente realmente há de ser. Talvez novamente não tenha o final que você procura, mas terá um final que você ainda desconhece, final esse que vai te transformar em uma pessoa mais preparada do que você é hoje, e isso por si só já vale o risco. A bagagem emocional te aprisiona e te faz ser injusto. Faz com que você jogue as decepções de um relacionamento passado na conta de uma pessoa que não tem nada haver com isso. Faz você duvidar da sorte. Faz você afastar uma pessoa boa da sua vida com medo de se decepcionar com ela, ou de causar essa decepção. É essa bagagem que faz surgir clichês do tipo: “Todo homem não presta” ou “toda mulher é interesseira”. Superficial e tolo como tantas outras conclusões que se ouve por aí. Não é todo homem que não presta, talvez o que não preste sejam os seus critérios de escolha, ou os lugares que você tem procurado esses homens. Já pensou nisso ? E nem toda mulher é interesseira, e sim você que faz de tudo pra atrair as que são, mostrando mais o que você tem do que o que você é. Se importando com imagem, marcas, grife e status. Status nada mais é que comprar coisas que você não gosta, com um dinheiro que você não tem, para mostrar para pessoas que você nem conhece direito, um ser que você não é. Se comportando assim não resta dúvidas quanto ao tipo de pessoas que irão se aproximar de você. O passado não pode fechar portas para o futuro. Ele apenas te direciona sobre quais novas portas abrir. Pensa nas suas decepções passadas e o quanto que você se tornou uma pessoa melhor depois delas. Não valeu a pena ? De qual outra forma você poderia alcançar a maturidade que você tem agora ? Foi dolorido ? Com certeza! Mas ninguém nunca te disse que seria fácil. É também por conta dessa bagagem emocional que surgem as fórmulas prontas. Não ligue no dia seguinte, tente não demonstrar interesse, cuidado com as palavras fortes, demore um pouco pra responder… Fórmulas que deram certo em momentos distintos e com pessoas totalmente diferentes de você.

segunda-feira, 22 de setembro de 2014


segunda-feira, 8 de setembro de 2014


sábado, 16 de agosto de 2014

"A morte por si só, é uma piada pronta. 
Morrer é ridículo.
Você combinou de jantar com a namorada, está em pleno tratamento dentário.
Tem planos para semana que vem, precisa autenticar um documento em cartório...
Colocar gasolina no carro e no meio da tarde...
MORRE.
Como assim?
E os e-mails que você ainda não abriu?
O livro que ficou pela metade?
O telefonema que você prometeu dar a tardinha para um cliente?
Não sei de onde tiraram esta idéia:
MORRER...
A troco de que?
Você passou mais de 10 anos da sua vida dentro de um colégio estudando fórmulas químicas que não serviram para nada, mas se manteve lá, fez as provas, foi em frente.
Praticou muita educação física, quase perdeu o fôlego. Mas, não desistiu.
Passou madrugadas sem dormir para estudar para o vestibular mesmo sem ter certeza do que gostaria de fazer da vida, cheio de dúvidas quanto á profissão escolhida...
Mas, era hora de decidir, então decidiu, e mais uma vez foi em frente...
De uma hora para outra, tudo isso termina...
Numa colisão na freeway...
Numa artéria entupida...
Num disparo feito por um delinqüente que gostou do seu tênis...
Qual é?
Morrer é um chiste.
Obriga você a sair no melhor da festa sem se despedir de ninguém, sem ter dançado com a garota mais linda, sem ter tido tempo de ouvir outra vez sua música preferida.
Você deixou em casa suas camisas penduradas nos cabides, sua toalha úmida no varal, e penduradas também algumas contas...
Os outros vão ser obrigados a arrumar suas tralhas, a mexer nas suas gavetas...
A apagar as pistas que você deixou durante uma vida inteira.
Logo você que dizia: Das minhas coisas, cuido EU.
Que pegadinha macabra: Você sai sem tomar café e talvez não almoce, caminha por uma rua e talvez não chegue na próxima esquina, começa a falar, e talvez não conclua o que pretende dizer.
Não faz exames médicos, fuma dois maços por dia, bebe de tudo, curte costelas gordas e mulheres magras e morre num sábado de manhã.
Se faz check-up regulares e não tem vícios, morre do mesmo jeito...
Isso é para ser levado a sério?
Tendo mais de 100 anos de idade, vá lá, o sono eterno pode ser bem vindo...
Já não há muito mesmo a fazer, o corpo não acompanha a mente, e a mente também já rateia, sem falar que há quase nada guardado nas gavetas.
OK, hora de descansar em paz.
Mas, antes, viver tudo, certo?
Morrer cedo é uma transgressão, desfaz a ordem natural das coisas.
Morrer é um exagero.
E, como se sabe, o exagero é a matéria-prima das piadas.
Só que esta não tem graça.
Por isso viva tudo que há para viver.
Não se apegue as coisas pequenas e inúteis da vida...
Perdoe...
Sempre!!"

domingo, 27 de julho de 2014


sábado, 26 de julho de 2014


segunda-feira, 21 de julho de 2014


sábado, 19 de julho de 2014

Marlon e Maicon - Por te amar assim


sexta-feira, 11 de julho de 2014

Por falta de amor
Estou indo embora

Pela sua falta, amor,
Eu estou indo embora... 


Amanda N. 

quinta-feira, 10 de julho de 2014

segunda-feira, 7 de julho de 2014


Há 4 anos atrás tinha uma pessoa espetacular fazendo a copa do mundo ficar bem mais divertida. Pessoas sortudas, como eu, que tiveram a chance de viver momentos incríveis. Arrancando sorrisos por aí... Era assim que ela vivia. Ainda é difícil, extremamente doloroso digerir que vc não está mais aqui... Amo você Camilla Printes!


Mundo Inteiro - Roberta Campos [Legendado]

quinta-feira, 3 de julho de 2014


quarta-feira, 2 de julho de 2014

Síndrome do Coitadismo

A Síndrome do Coitadismo atinge a metade da população e reflete a incapacidade dos seres humanos de tomarem os rumos de suas vidas e buscarem a realização de seus sonhos.



Conversamos com Maurício Sampaio, especialista em orientação vocacional e profissional, coach e fundador do Instituto MS de Coaching para esclarecer mais sobre o tema.

Confira a entrevista!

A Síndrome do Coitadismo acomete boa parte da população, por qual motivo as pessoas preferem assumir o papel de vítimas do que assumir os rumos da própria vida?

Muitas pessoas adotam essa posição como uma muleta para não andar mais rápido em direção a seus objetivos ou cumprirem o que é preciso. E isso acontece na vida pessoal e profissional.

Cansamos de nos deparar com pessoas falando mal do seu trabalho, emprego, da esposa, dos filhos. Talvez você já tenha perguntado a alguém: “Oi, tudo bem?”. E a pessoa respondeu: “Tá indo…”. O “tá indo” demonstra a falta de controle da própria vida.

Muita gente mantém relacionamentos, seja pessoais ou profissionais, mesmo sabendo que já estão falidos, por qual motivo?

Essas pessoas preferem evitar sair da chamada “zona de conforto”, aonde elas se sentem mais seguras. Já conhecem os atalhos, já sabem aonde pisar.

Isso é uma tendência de boa parte das pessoas, inclusive eu também faço parte disso. O nosso cérebro é muito inteligente, ele evita a dor e aprova fielmente o prazer.

É o que acontece com um relacionamento ruim. Para mudar isso, é preciso aceitar um modelo de relacionamento, e para que isso aconteça é necessário acostumar nosso cérebro ao novo. E essa transição, por mais benéfica que seja, causa dor.

Um exemplo clássico são casais que se suportam durante anos, pois acreditam que “ruim com ele/ela, pior sem”. E na vida corporativa isso também acontece.

O que os profissionais devem assumir para mudar este cenário pessimista e sem energia?

Para começar a mudança é necessário ser honesto consigo não esperar chegar ao fundo do poço emocional. Hoje, cerca de 80% das pessoas estão infelizes com a sua vida profissional, mas elas relutam em mudar, justificando a falta de novas oportunidades, a dificuldade de gerar receitas, enfim, são várias as justificativas. Outras reclamam de seus chefes e continuam trabalhando com eles, e há as que reclamam dos seus negócios e todos os dias acordam e vão para a empresa trabalhar.

O problema disso é que essas pessoas correm o sério risco de adoecerem e aí o prejuízo é maior.

Talvez você, que esteja passando por isso agora, pense: é mais fácil escrever dando conselhos. Mas eu tive que justamente passar por esse tipo de situação para aprender que é possível pilotar a própria vida. É fácil? Não, porém é preciso encarar!

Aproveito para dar um conselho valioso: procure profissionais que possam te auxiliar, pois eu fiz sozinho, funcionou, mais foi muito doído. Talvez, se eu tivesse uma pequena ajuda, as coisas teriam sido mais fáceis e eu já estaria desfrutando dessa ótima vida que possuo hoje.

* Maurício Sampaio é especialista em orientação vocacional e profissional, coach e fundador do InstitutoMS de Coaching. É autor dos livros “Coaching de Carreira”, “Escolha Certa” e “Influência Positiva – Pais & Filhos: construindo um futuro de sucesso”.



Autor: Samara Teixeira

quinta-feira, 26 de junho de 2014


segunda-feira, 23 de junho de 2014

segunda-feira, 16 de junho de 2014

Fazendo testes e olha o que deu....

Você (eu) se atrai mais por signos de Terra (Touro, Virgem e Capricórnio)

Sensações físicas e a sensualidade te atraem. Você gosta mais de praticidade do que de romantismo e precisa passar por um período de conquista antes de se entregar. Com isso, apresenta afinidade maior com pessoas nascidas sob os signos de Terra, que sabem aproveitar os prazeres que o mundo físico oferece e são mais conectadas ao lado efetivo da vida. A estabilidade e a segurança são outros fatores que tendem a te atrair. Pessoas que avançam na intimidade com cautela e certa desconfiança te fascinam com mais facilidade

sexta-feira, 6 de junho de 2014

Me dê motivo




É engraçado, ás vezes a gente sente fica pensando

Que está sendo amado, que está amando e que
Encontrou tudo o que a vida poderia oferecer
E em cima disso a gente constrói os nossos sonhos
Os nossos castelos e cria um mundo de encanto
onde tudo é belo
Até que a mulher que a gente ama, vacila e põe tudo a
perder
E põe tudo a perder...

Mê de motivo, para ir embora
Estou vendo a hora de te perder
Mê de motivo, vai ser agora
Estou indo embora o que fazer
Estou indo embora não faz sentido
Ficar contigo melhor assim
E é nessa hora que o homem chora
A dor é forte demais pra mim

Já que você quis assim, tudo bem
Cada um pra o seu lado, a vida é isso mesmo
Eu vou procurar e sei que vou encontrar
Alguém melhor que você, espero que seja feliz
No seu novo caminho, ficar contigo
Não faz sentido, melhor assim

Mê de motivo, foi jogo sujo
E agora eu fujo pra não sofrer
Fui teu amigo, te dei o mundo
Você foi fundo quis me perder
Agora é tarde não tem mais jeito
O teu defeito não tem perdão
Eu vou a luta, que a vida é curta
Não vale a pena sofrer em vão

Pode crer você pôs tudo a perder
Não podia me fazer o que fez
E por mais que voce tente negar, me dê motivo
Podes crer eu vou sair por aí
E mostrar que posso ser bem feliz
Encontrar alguém que saiba me dar
Me dar motivo