"Se nada nos salva da morte, que o amor nos salve da vida."

sábado, 8 de setembro de 2012

O esporte como meio de sociabilização

     Vivemos em uma sociedade complexa, onde o importante é ter um valor social, de uma sociedade preconceituosa controlada pela mídia, governo e grandes empresários.
     Uma sociedade que descrimina pessoas com renda baixa, deficientes físicos,  negros, homossexual entre outros. 
      O papel do professor é fundamental sobre a inclusão social do indivíduo que pode ser usada através do esporte, que é uma ferramenta valiosa para desenvolver atitudes afetivas e coletivas; fazendo com que seus alunos reconheçam e respeitem sem discriminação, as características pessoais, físicas, sexuais e sociais do próximo.
    Os jovens e as crianças gostam da atividade física e desportiva, elas facilitam a socialização e uma das formas de se alcançar este objetivo é os professores pensarem em uma prática educativa ao esporte, como atividades recreativas, formativas e sociais criando jogos e brincadeiras  com regras onde a criança se sinta estimulada o tempo todo, criando desafios para ela mesma superar seus limites, criando jogos coletivos onde ela possa descobrir que para chegar na vitória muitas as vezes é melhor em equipe.
      Professores e educadores devem aplicar aulas para que o indivíduo tenha uma aprendizagem formativa, que faça de seu aluno um ser pensante, autônomo, criativo e crítico.
   A inclusão social é um meio de abrir portas para um certo indivíduo, onde ele possa se incluir na sociedade o qual ele estava sendo descriminado por algum motivo.  Por isso educadores devem trabalhar isso desde o início para a criança sem um adulto que saiba respeitar regras, limites, que tenha bom caráter. O esporte é o meio que acho mais viável para isso, além de poder aplicar vários métodos sociais, o esporte gera mais saúde, qualidade de vida, capacidade e habilidade motora para a criança, trazendo somente benefícios. 
                                     Amanda R. Nascimento