"Se nada nos salva da morte, que o amor nos salve da vida."

sábado, 22 de dezembro de 2012

Agora, que faço eu da vida sem você?

O destino te tirou definitivamente de mim....
Depois de tanto sufoco, tantas lutas vencidas por nós... desta vez infelismente não conseguimos vencer.
Sei que esta ai no céu cuidando de mim, mas fico tão preocupada com você, em saber como você está, com quem você está, e aonde, quando vou te encontrar de novo? Você vai me esperar? É assim que funciona? Ai em cima é como nos filmes que vimos do Chico Xavier?

Você era o único motivo o qual a minha vida fazia sentido. Desde que te conheci, você trouxe luz. 
E não perdi somente uma amiga... perdi o brilho no olhar. Metade de mim se foi e a outra metade esta aqui tentando ser forte. 
E antes, todas as vezes em que eu passava por situações difíceis, era você quem me apoiava, era no seu colo que eu sentia proteção.



Agora, que faço eu da vida sem você?
Você não me ensinou a te esquecer
Você só me ensinou a te querer
E te querendo eu vou tentando te encontrar
Vou me perdendo
Buscando em outros braços seus abraços
Perdido no vazio de outros passos
Do abismo em que você se retirou
E me atirou e me deixou aqui sozinho

Agora, que faço eu da vida sem você?
Você não me ensinou a te esquecer
Você só me ensinou a te querer
e te querendo eu vou tentando me encontrar

E nesse desespero em que me vejo
já cheguei a tal ponto
de me trocar diversas vezes por você
só pra ver se te encontro


Agora, que faço eu da vida sem você?
Você não me ensinou a te esquecer
Você só me ensinou a te querer
e te querendo eu vou tentando te encontrar
Vou me perdendo
Buscando em outros braços seus abraços
Perdido no vazio de outros passos
Do abismo em que você se retirou
E me atirou e me deixou aqui sozinho

Agora, que faço eu da vida sem você?
Você não me ensinou a te esquecer
Você só me ensinou a te querer
E te querendo eu vou tentando me encontrar