"Se nada nos salva da morte, que o amor nos salve da vida."

quarta-feira, 5 de dezembro de 2012


"Não tá faltando homem não. Nem mulher. Tá faltando amor ! Achar que pessoas são objetos não é normal. Ás vezes eu penso que sou a louca, por não conseguir ver as coisas por esse ângulo, mas definitivamente a louca não sou eu. Sair de noite e competir quem “pega mais”, que coisa triste. Competição de quem se entrega mais nunca vi. Trinta beijos vazios numa noite, que vitória. Ainda dizem que o amor é uma droga, que insulto. As pessoas que são uma droga. É muita inocência camuflada de malandragem viu. Será que eles acreditam de verdade que podem escolher não amar e pronto ? Quem dera. Só querem se proteger, mesmo se pra essa proteção for preciso magoar outro alguém. Tudo pra manter o comodismo de não sentir. Não percebem que é exatamente esse egoísmo, esse individualismo que faz doer. Se defendem e nem sabem de que ou porque. Quem machuca são as pessoas e seus escudos bloqueando o que não deve. Não tem que se proteger do amor não, deixa entrar. E cuida pra não sair."

AUTOR DESCONHECIDO