"Se nada nos salva da morte, que o amor nos salve da vida."

terça-feira, 11 de dezembro de 2012




Não consigo fingir de forte o tempo todo. 
Mas gosto de expor aqui tudo o que estou sentindo.
Meu blog será eterno. Existem pessoas que dizem ser uma nostalgia,
mas acho esse blog minha cara, colorido, alegre e sentimental.
Por tanto, quando eu não mais existir, não quero em nenhuma hipótese que ninguém apague, incluia ou modifique postagens. 
E sobre minhas postagens, faço todas de uma forma que me agrada, cada figura, texto ou vídeo, foi postado com emoção.
Não preciso de ibope, faço para me agradar, e expressar meus sentimentos pelas pessoas que caminharam em algum momento da vida comigo.